INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DE SAÚDE

Sigla:          ISCISA
Natureza:   Pública
Fundação: 2003 - Instituto superior de Ciências de Saúde. No entanto, iniciou as suas actividades em 2004
Sede:          Maputo, Av: Tomas Nduda nº 977, ao lado do Hospital Central de Maputo
E-mail:       info@iscisa.ac.mz
Telefone:    +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728
Nota:          Possui delegações na Beira, Quelimane e Nampula
Click aqui para ir ao site do ISCISA


CURSOS DE LICENCIATURA.


NB: Os cursos de Anestesiologia e de Instrumentação são exclusivos para profissionais de Saúde. Portanto, os candidatos devem possuir o nível médio profissional em Anestesiologia, Instrumentação, Técnico de Medicina Geral e Enfermagem geral.

Licenciatura em Enfermagem Geral

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Química e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação.
Os profissionais formados nesta área poderão exercer as suas actividades nas seguintes instituições:
Orgãos de Direcção nos níveis Central, Provincial e Distrital; Hospitais Centrais; Hospitais Provinciais; Hospitais Gerais e Rurais; Centros de Saúde especializados de acordo com a nomenclatura e classificação do Sistema Nacional de Saúde (vide o Diploma 127/2000 ); Outras Instituições estatais ou privadas.

Assistencial:

Prestar e ou proporcionar assistência de enfermagem nas Instituições de saúde, participando na prevenção, tratamento e recuperação da saúde individual, familiar e comunitária; Planear, executar e avaliar os cuidados de enfermagem ao utente; Aplicar o processo de enfermagem diferenciado, avaliando a complexidade dos procedimentos a serem realizados a cada paciente; Participar em encontros multiprofissionais da equipe de saúde; Prescrever medicamentos previamente estabelecidos em programas de saúde pública e em rotinas aprovadas pela instituição de saúde; Participar no programa de higiene e segurança no trabalho; Participar dos procedimentos relativos a vigilância epidemiológica e sanitária;

Administrativo:

Gerir serviços de saúde e seus respectivos programas de assistência; Fazer revisão periódica das normas e rotinas do serviço de enfermagem; Prevêr e provêr os recursos humanos, materiais e financeiros para esses programas; Coordenar, supervisar e controlar as actividades do programa, em consonância com as metas e normas estabelecidas; Fazer distribuição e delegação de tarefas à equipe de enfermagem;

Ensino:

Promover actividades de formação e ensino para o pessoal de escalão inferior na sua área da acção; Elaborar e executar programas de formação e desenvolvimento do pessoal de enfermagem; Formar o pessoal de enfermagem em serviço e formação contínua nos diferentes níveis de ensino; Identificar as necessidades de saúde da população e basear o planeamento de ensino de acordo com essas necessidades; Aplicar as normas do MISAU e de Educação do País na formação de quadros de ensino; Promover acções de auto-formação e desenvolvimento pessoal;

Investigação:

Desenvolver investigação científica em enfermagem na área assistencial, de gestão e pedagógica, de ensino e participar em investigação na área de saúde, respeitando as áreas prioritárias de investigação no País, Província e Região em que está inserida; Identificar as áreas de investigação prioritárias para o país ou registo, no sentido de aprofundar o conhecimento de suas causas ou de buscar alternativas viáveis de solução;

Licenciatura em Enfermagem Pediátrica

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Química e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação.

Perfil Profissional:

Prestar e ou proporcionar assistência de enfermagem pediátrica nas Instituições de saúde, participando na prevenção, tratamento e recuperação da saúde da criança no contexto familiar e comunitário; Planear, executar e avaliar os cuidados de enfermagem pediátrica à criança; Aplicar o Processo de Enfermagem diferenciado, avaliando a complexidade dos procedimentos a serem realizados a cada paciente; Prescrever medicamentos previamente estabelecidos nos programas de saúde infantil e em rotinas aprovadas pelo Ministério da Saúde; Participar nos procedimentos relativos ao sistema de vigilância epidemiológica das doenças da infância; Implementar a estratégia de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV e cuidados de enfermagem à criança com HIV/SIDA; Garantir um crescimento e desenvolvimento adequado à criança sadia através do controle do peso e dos parâmetros do desenvolvimento psico-motor; Garantir uma nutrição adequada à criança, através da promoção do aleitamento materno e alimentação complementar; Garantir o cumprimento das imunizações de acordo com o Programa Alargado de Vacinação em vigor no País e outras; Implementar as directrizes clínicas de Atenção Integrada às Doenças da Infância, uma abordagem integrada para o manejo dos problemas mais comuns de saúde da criança necessárias para alcançar metas de saúde pública, garantindo a sua implementação ética e tecnicamente adequada; É particularmente importante garantir o desenvolvimento de competências para garantir a capacidade de respostas rápidas a situações de emergência de saúde pública; Avaliar – avaliar serviços, programas e projectos na sua globalidade ou de uma perspectiva mais limitada, em termos de qualidade, produtividade, desempenho, etc.

Licenciatura em Saúde Materna

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Química e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação. O curso pressupõe educação básica na área de enfermagem e especializada para a área de Obstetrícia e Ginecologia. O núcleo central da actividade destes profissionais é cuidar das mulheres nas suas necessidades em saúde reprodutiva, dentro de variadas opções, envolvendo a prática clínica, educação, administração, pesquisa e participação em assuntos de política sanitária e legislativa.

Perfil profissional:

Função assistencial: intervir na prestação de cuidados de saúde à mulher e ao recém-nascido, actuando na componente de prevenção, diagnóstico e tratamento;
Função administrativa: participar na planificação, gestão, controlo e avaliação das actividades da sua área de intervenção;
Função de ensino: elaborar e executar planos de formação e desenvolvimento do pessoal da sua área e outros técnicos, do seu nível ou inferior;
Função de investigação: realizar investigação científica na sua área, à luz das referências bibliográficas existentes e da sua experiência pessoal, conduzindo pesquisas em temas chaves.

Licenciatura em Cirurgia

Para mais informações sobre este curso pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Licenciatura em Anestesiologia

São elegíveis os candidatos que possuam pssuir nível médio em Anestesiologia, Medicina Geral e Enfermagem geral. O exame é específico de Anestesiologia.

Licenciatura em Instrumentação

São elegíveis os candidatos que possuam pssuir nível médio em Anestesiologia, Medicina Geral e Enfermagem geral. O exame é específico de Instrumentação.

Licenciatura em Terapia Ocupacional

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Português e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação.

Licenciatura em Fisioterapia

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Biologia e Física. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação.

Perfil Profissional:

Avaliar, diagnosticar, elaborar programas de Fisioterapia com uma conduta ética própria da profissão da saúde, desenvolvendo habilidades básicas de investigação e gestão que lhe permitam elevar o seu desempenho profissional; Desenvolver acções de promoção e melhoria da qualidade de vida, procurando reintegrar as pessoas com deficiência no seio das suas famílias e das comunidades de origem; Promover acções de prevenção e execução de terapia física, aplicando os conhecimentos e habilidades para melhorar as incapacidades físicas e motoras com base em evidências científicas numa equipa multidisciplinar se necessário; Avaliar as necessidades de equipamentos e ajudas técnicas e selecionar o mais adequado às necessidades individuais do utente (próteses, ortóteses, ajudas técnicas que permitam potenciar a autonomia das pessoas, de modo a promover uma melhor qualidade de vida aos utentes.

Licenciatura em Terapia da Fala

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Português e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação.

Áreas de intervenção:

Perturbações da linguagem e fala; Perturbações da interação e comunicação; Motricidade orofacial– alimentação, deglutição e estética facial; Comunicação não verbal; Voz; Perturbações articulatórias; Perturbações da fluência do discurso (gaguez); Perturbações específica de aprendizagem de leitura e escrita.

Licenciatura em Anatomia Patalógica

Para mais informações sobre este curso pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Licenciatura em Tecnologia Biomédica Laboratorial

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Química e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação. O curso tem por objectivo formar técnicos Superiores de laboratório.
No mundo profissional, um técnico de laboratório estabelece procedimentos para colheita, processamento e analise de amostras biologicas; Realiza testes analíticos de fluidos corporais, celulas e outras substâncias, no âmbito da patologia clínica, Biologia Molecular e técnicas histopatológicas; Estabelece e realiza a manutenção preventiva e correctiva do equipamento e de instrumentos; Interpreta resultados e produz comentários relevantes, em função da informação clínica disponível; Tomar decisões sobre resultados das actividades para garantia de qualidade e controlo de qualidade;

Licenciatura em Radiologia

Para mais informações sobre este curso pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Licenciatura em Saúde Pública

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Português e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação. O curso é oferecido no período nocturno.

Licenciatura em Nutrição

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Química e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação.
O curso de nutrição tem por objectivo formar profissionais de saúde que se especializam em nutrição humana de que promovam acções visando uma alimentação saudável.
Um nutricionista avalia o estado nutricional do paciente, realizar a anamnese alimentar, elabora um diagnóstico nutricional com base nos dados clínicos; Avalia o estado nutricional de uma população; Avaliar e estuda os hábitos alimentares e nutricionais de uma determinada população; Elabora recomendações alimentares; Gere (planea, organiza, monitoriza e avalia), unidades de alimentação colectiva, restauração pública e hotelaria; etc.

Licenciatura em Psicologia Clínica

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de Português e Biologia. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação. O curso é oferecido no período nocturno.

Um Psicólogo clínico faz:
Avaliação e intervenção psicológica nos problemas e perturbações psíquicas; Promoção, manutenção da saúde mental e física tendo em conta as suas interacções; Estudo e investigação; etc.

Licenciatura em Serviço Social

Para mais informações sobre este curso pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Licenciatura em Administração e Gestão Hospitalar

O ingresso a este curso é mediante a realização dos exames de admissão nas disciplinas de História e Matemática. São elegíveis os candidatos que tenham concluído a 12ª classe, grupo B, do Sistema Nacional de Educação. O curso é oferecido no período nocturno.

Administração e Gestão Hospitalar é o Planeamento, organização e gerenciamento de hospitais, clínicas médicas, laboratórios de análises clínicas, policlínicas, casas de repouso, farmácias, ou seja, qualquer prestador de serviços de saúde público ou privado.



CURSOS DE MESTRADO.


Mestrado em Pedagogia e Didática em Saúde

Para mais informações sobre cursos de mestrado pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Mestrado em Organização e Gestão Pedagógica

Para mais informações sobre cursos de mestrado pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Mestrado em Ciências de Saúde

Para mais informações sobre cursos de mestrado pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.

Mestrado em Estatística e Planificação em Saúde

Para mais informações sobre cursos de mestrado pode entrar em contacto com o ISCISA através de +258 82 300 1731 ou +258 82300 1728.